sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Nacional Futebol Clube de Governador Lindenberg

Nome : Nacional Futebol Clube
Data : 22 de setembro de 1967
Local : Governador Lindenberg
Estádio : Geraldo Vargas Nogueira Geraldão
Títulos : Campeão da Copa da Amizade - 2013
Campeão Municipal 2016


Outro modelo oficial no Facebook do Azulão
Modelo muito comumente utilizado no uniforme titular

Bela imagem do Geraldão

Fundado em 22 de setembro de 1967 o Nacional Futebol Clube, O Azulão de Governador Lindenberg é uma equipe amadora que manda umas partidas no Geraldo V. Nogueira Geraldão onde é duro de ser batido, a equipe possui muitos títulos como Copa da Amizade 2013, Campeão Municipal de Gov. Lindenberg 2016.
O "V" no nome do estádio deixava muita curiosidade no ar, trata-se de Vargas, Geraldo Vargas Nogueira, figura influente na política  Região Norte do estado.

Um clássico que mexe com a cidade é Nacional Futebol Clube vs Atlético Esporte Clube, sempre atrai a torcida das duas equipes independente da fase ou competição.
Além do time principal o Nacional Futebol Clube também possui categorias de base para formar jogadores.   

Fachada do Geraldão, sonho de todo historiador pesquisador com nome do estádio, escudo e data de fundação do clube.

Um dia num instante

"Nossos sonhos podem se transformar em realidade se os desejarmos a ponto de correr atrás deles" (Walt Disney)

Neste novo alvorecer, como todo novo dia, o sorrido do sol com seus raios de esperança está a nos dizer : vá e cumpra sua jornada, faça acontecer, seja vitorioso!
Em primeiro lugar quero agradecer a você por estarmos juntos e comprometidos em mais este momento desafiador.
A essência e os valores de nossa equipe inclui protagonismo, vinculo, diálogo, transparência, dedicação por inteiro em nome  de uma causa maior : a vitória de todos.
Fazer o melhor que podemos fazer neste momento, nos coloca numa posição melhor para o momento seguinte.
Pois eu digo : não se vencer um inimigo poderoso e perigoso sem perigo. Somente pessoas como você, que em momentos como este sentem impelidas por grandes forças alcançam coisas notáveis. Ganhar hoje, então, por tudo e por todos depende do seu grau de decisão em querer vencer.
Martin Luther King, líder norte americano em sua luta pela igualdade racial nos EUA pregava.
"Se não puder voar, corra.
Se não puder correr, ande.
 Se não puder andar, rasteje.
Mas continue em frente de qualquer jeito.

Esta mensagem foi postada ao todos os jogadores do Nacional F.C em uma página do clube no Facebook como forma de incentivo em mais uma competição que o Azulão entrou para ganhar.


Interior do Geraldão


Azulão campeão da Copa da Amizade 2013


Dia de clássico entre Nacional e Atlético 





terça-feira, 19 de setembro de 2017

Atlético Clube Ita

Nome : Clube Atlético Ita
Data : 15 de setembro de 1931
Local : Cachoeiro de Itapemirim

Campo do ITA

Clube Atlético Ita fundado em 15 de setembro de 1931 em Cachoeiro de Itapemirim é uma equipe amadora muito tradicional na Região Sul do Espírito Santo, conhecida também em Minas Gerais e Rio de Janeiro onde já disputou várias partidas entre amistosos e competições interestaduais. 

O Ita possui parque aquático com piscina, academia, campo  society e área de eventos para os seus sócios.
O ITA influenciou uma geração de cachoeirenses que se divertiam na antiga sede na Rua Rui Barbosa nas festas no turnas, hoje a antiga sede pertence aos IPACI Instituto de Previdência dos Servidores Municipais Cachoeiro de Itapemirim. 


Em 2014 o Ita comemorando seus 83 anos convidou Master do Flamengo/RJ para encarar o Master do ITA, entre os nomes do rubro negro carioca estavam zagueiro Rondinelli, volante-meia Adílio, os laterais Renato Carioca e Leandro além de Andrade volante.
A equipe segue em atividade até os dias atuais com time master time principal, time de futsal, Society além de equipes de futevôlei.



Ita em 1940, raridade. De pé : Filinho, Esmeraldo, Sarará, Nilso, Conchinha, Zuzu, João Bala e Albino. Agachados : Zeca, Duza, Carioca, Goldrichauski, Pedro Severino e Ribimba, 


Ita em 1942, esta foto no Jornal carioca Sport Ilustrado







segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Uruguayano Football Club



Nome : Uruguayano Football Club
Data : 11 de setembro de 1916
Local : Vitória

Diário da Manhã de 13 de setembro de 1921 lembrando aniversário de fundação do tricolor


Uruguayano Football Club fundado em 11 de setembro de 1916 em Vitória, também conhecido como Uruguaiano Futebol Clube, disputou por várias vezes o Campeonato Capixaba entre 1923 e 1932. 
Não conquistou títulos expressivos mas deixou marcado nome na histórica futebolística capixaba, uma prova disso que juntamente com Fluminense, Palmeiras e 7 de Setembro fundou a Liga Suburbana em julho de 1921, sendo assim os clubes de Vitória, Vila Velha e Cariacica poderiam organizar competições e ter intercâmbio maior com um órgão gestor.  



Chamada Jornal Diário da Manhã em outubro de 1923 para uma partida do Uruguayano

Em 1928 o Uruguayano entrou com torcida extra para sua última partida, a equipe não tinha mais chance nenhuma de título mas os rio branquenses torceram pelo tricolor pois o América em caso triunfo levaria o título estadual, mas a torcida não funcionou e o America com gols de Bezerra, Octavio e Milton venceu por 3x1 com Azarias descontando para o Uruguayano o América venceu por 3x1 e sagrou-se Hexacampeão estadual.

Em setembro de 1931 o Uruguayano para comemorar a passagem de mais um ano de fundação organizou um torneio algo comum toda vez que o clube completava mais um ano de fundação, convidou Vitória, Rio Branco, Botafogo de Vila Velha, Santo Antônio, Floriano e América. 
Coube ao Floriano encarar o aniversariante, e não foi um convidado nada educado, venceu por 2x0 eliminando os aniversariantes logo na primeira partida deles. O Uruguayano jogou com Nilo, Manoel, Berilho, Agenor, Orlando, Pedro, Jeronymo, Geraldo, Laphitor, Francisco e Manoel II. O quadro do Floriano foi  a campo com Claidiadari, Ettore, Joaquim, Antônio, Chrispim, Lauro Bandeira, Amadeu, Innocêncio, Astrogildo e Armando.
Um dado curioso é que o torneio não terminou no mesmo dia, Vitória e Santo Antônio finalistas teimaram em não marcar gols, e depois de 5 prorrogações a partida final foi adiada para outra data por falta de luz, o Vitória acabou sendo o campeão mais tarde.
A equipe durou até início da década de 50 e encerrou as atividades sendo extinto.
Ainda buscamos escudo oficial, por hora adotamos este apenas para ilustrar a matéria.

Uruguayano anos 20


Equipe do Uruguayano em 1931 em partida diante do Rio Branco

Aqui Uruguayano em 1927.



Líbano Esporte Clube

Nome : Líbano Esporte Clube
Data : 14 de setembro de 1980
Local : Guarapari
Título : Campeão municipal de Guarapari 1986


Líbano Esporte Clube fundado em 14 de setembro de 1980 em Guarapari é uma equipe amadora de Muquiçaba, tem como maior conquista o título municipal de Guarapari do ano de 1986, a equipe costuma jogar tradicionalmente todos os sábados, tem um controle interessante de suas estatísticas na sua página do Facebook, encontramos estatísticas como em 2016 quando disputou 39 partidas vencendo 22, empatando 12 perdendo apenas 5, marcou 112 gols sofrendo 60 com 52 de saldo positivo, Cesinha foi o artilheiro com 28 gols, depois dele Mateus Simões com 14. 

Na lista dos 20 maiores artilheiros estão :
20º 12 gols 
Douglas(Penosa)  

19º 13 gols
Gilmarzinho, Wendel, Vaquinho (Camurugi) e Babi

15º 14 gols
Gilmarzão(pai de Gilmarzinho) e Mateus Simões

13º 15 gols
Alexandre 

12º 17 gols 
Fabinho 

11º 18 gols
Jean Caramugi

10º 19 gols
Sandro RC e Breno Gratz

8º 31 gols
Evandro 

7º 36 gols
Dico Arpini

6º  69 gols
Matheus

5º 78 gols
Wer 

4º 109 gols
Cesinha

3º 150 gols
Irlan 

2º 159 gols
Nani 

1º 229 gols
San 

Time campeão municipal de 1986. Em pé: Jadir, Nilson, Washington, Magrão, Rogerinho e Ciano.
Agachados : Pancho, Ricardo Maradona, Gilmarzinho, Carlinhos e Gilberto.
 Time treinado por Sulica e tinha como presidente Tarciso Arpini.













quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Esporte Clube Itaquari

Nome : Esporte Clube Itaquari
Data : 07 de setembro de 1958
Local : Cariacica
Estádio : Praça de Esportes Orlando Nogueira
Título : Campeão Cariaciquense 1985
Escudo de 2014
Tem muito time profissional sem iluminação noturna, o Itaquari deixa eles no chinelo.
Panorâmica do Orlando Nogueira com a Baía de Vitória e a 2ª Ponte ao fundo além dos trens da Companhia Vale que passam lateralmente no campo de jogo. 

Fundado em 07 de setembro de 1958 o Esporte  Clube Itaquari é uma equipe de futebol amadora muito tradicional no futebol capixaba, fica situada no Bairro Itaquari já foi Campeão Cariaciquense Amador, Campeão cariaciquense de Juniores, Bi Campeão da Copa Itaquari +40, Campeão da copa Itaquari +50
Campeão da Copa Itaquari Amador, mas sem dúvidas a a maior conquista do tricolor de Itaquari foi o Campeonato Cariaciquense de 1985 que equivale a 1ª divisão do Município de Cariacica.
A equipe manda suas partidas em seu estádio  chamado Praça de Esportes Orlando Nogueira um dos responsáveis pela fundação do Triocolor 

Paronâmica do campo de jogo

Em 2013 na grande final da VII Copa Itaquari de Futebol Master o Esporte Clube Itaquari 
sagrou-se campeão, não só o título como todas as premiações possíveis, o título veio após impiedoso 4x1  no Sotema. 
O time ainda garantiu os troféu de artilheiro para Sérgio Cogo, com 13 gols, melhor goleiro para Josaphar Pedroni (Fazinho), e o troféu Fair Play (equipe mais disciplinada). De acordo com um dos organizadores da competição, Joe Lima, o feito do Itaquari é inédito. “Em sete edições da Copa, nunca um time ganhou todos os títulos, incluindo campeão, artilheiro, melhor goleiro e fair play. Estão de parabéns”, destacou.

A premiação contou com a participação da bateria Águia Furiosa, da Escola de Samba Independentes de Boa Vista, comandada por Mestre Picolé.

Os atletas que participaram do campeonato têm intimidade de sobra com a bola. São jogadores que já deram muitas alegrias aos torcedores de seus bairros quando mais jovens e que voltaram a campo para defender suas comunidades na Copa Master.
O campeonato teve a participação de seis equipes: Alto Boa Vista, Itaquari, Sotema, Oriente, Itacibá e Porto de Santana. A VII Copa Itaquari de Futebol Master, troféu Hoberaldo Oliveira, vulgo Beraldão, conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Cariacica.


A Copa na primeira fase, os times jogaram entre si em sistema de pontos corridos: uma vitória somava três pontos e o empate, um. Os quatro primeiros se classificaram para a segunda fase. Para disputar o campeonato, os atletas participantes, obrigatoriamente, deveriam ter mais de 40 anos e morar ou já terem morado no bairro participante da competição.

Essa foi a forma que os organizadores Joe Lima e Fábio Sarmento encontraram para reunir jogadores que tivessem identificação com os bairros, levando também seus familiares e amigos a uma grande confraternização dominical.

Vestiários e o bar do Orlando Nogueira








Ypiranga Football Club de Vitória

Nome : Ypiranga Football Club
Data : 07 de setembro de 1916
Local :  Vitória
Registro da década de 30 com as cores do clube



Fundado em 07 de setembro de 1916 o Ypiranga Football Club de Vitória é mais uma equipe homenageando o Grito do Ipiranga, local onde foi dado o grito de independência do Brasil em 07 de setembro de 1822 segundo várias histórias contadas e recontadas
Vale salientar que não existe comprovação do ponto de vista historiográfico do Grito do Ipiranga, sendo mais provável que este tenha sido uma construção posterior à independência.
Ao voltar de Santos, parando às margens do riacho Ipiranga, D. Pedro de Alcântara recebeu uma carta com ordens de seu pai, para que ele voltasse para Portugal, se submetendo ao rei e às Cortes. Vieram juntas duas cartas, uma de José Bonifácio, que aconselhava D. Pedro a romper com Portugal, e a outra da esposa, Maria Leopoldina, apoiando a decisão do ministro, D. Pedro I, impelido pelas circunstâncias, pronunciou a expressão, "Independência ou morte" rompendo os laços de união política com Portugal, em 7 de setembro de 1822. Ao chegar à capital, Rio de Janeiro, foi aclamado Imperador, com o título de D. Pedro I. Este grito tem o nome de "Ipiranga" porque foi gritado junto ao rio Ipiranga.


Riacho Ipiranga em São Paulo 
Atropelo do Ypiranga por 8x0 no Santa Cruz



Em relação a equipe "Ypiranguista, que teve sede em Santo Antônio e Maruípe, ela teve vida efêmera, mas contribuiu para a história do futebol capixaba, principalmente por participar do primeiro campeonato da segunda divisão capixaba da história em 1917, ao lado de Cristovão Colombo Football Club(Vitória), Guarany Football Club(Vitória), Tiradentes Futebol Clube(Vitória), São Christovão Futebol Clube(Vitória) e Campos Salles Football Club(Vila Velha) este último sagrando-se campeão. Em um destes confrontos com Campos Salles uma grande confusão por parte do Ypiranga, aos 30 do 2º tempo um gol mas que a arbitragem acaba marcando impedimento, isso revolta o time do Ypiranga que se retira de campo, mais tarde a vitória foi dada ao Campos Salles.
Jogaço entre Ypiranga x  São João em 26 de agosto de 1945

A equipe nos anos seguintes não mais disputou nem Série A nem B capixaba se concentrando em partidas amistosas e se tornando um  clube familiar.

Em relação ao seu escudo o usado na matéria é apenas para ilustrar pois é um material carente de fontes oficiais.











domingo, 3 de setembro de 2017

Domingos Martins Football Club

Nome : Domingos Martins Football Club
Data : 03 de agosto de 1917
Local : Vitória


Domingos Martins Football Club foi fundado em 03 de agosto de 1917 em Vitória, nasceu canarinho verde e amarelo mas antes mesmo de fazer sua estréia modificou suas cores oficiais para azul. O seu primeiro Presidente foi Sr. capitão Izidoro Ferreira de Aguiar e o 2º Secretário foi Raulino Silva.
A equipe possuiu uma sede em Santo Antônio e utilizou os bairros Inhanguetá e Porto Novo para jogar como mandante.
O nome é uma homenagem a Domingos José Martins o clube inclusive foi fundado no mesmo ano do centenário da morte de D. Martins. 
No Espírito Santo ele é o patrono da Polícia Civil capixaba e do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES), foi um dos precursores da Independência do Brasil. O Coral da Polícia Civil também homenageia o herói capixaba levando seu nome.
Domingos José Martins nasceu no sítio Caxangá, em 9 de maio de 1781,  nas proximidades de Itapemirim. Hoje esse local pertence ao município de Marataízes. Filho do capitão de milícias Joaquim José Martins e D. Joana Luíza de Santa Clara Martins, prima do marido e nascida na Bahia. O capitão comandava o “Quartel”, quase em frente à Ilha das Andorinhas, ao sul de Marataízes, ali localizado para fiscalizar e impedir o desembarque clandestino de africanos.

A Revolução Pernambucana também conhecida como Revolução dos Padres, foi um movimento emancipacionista que eclodiu em 6 de março de 1817, na então Província de Pernambuco. Domingos Martins participou como líder da Revolução Pernambucana, sua morte acabou ocorrendo em 12 de junho de 1817 no estado da Bahia por fuzilamento, ali seu legado e contribuição histórica já haviam sido deixados marcados para sempre. 
Pela Lei Estadual 1.307, de 30 de dezembro de 1921, o município de Santa Isabel passou a denominar-se Domingos Martins, sempre nesta data o município se transforma de forma simbólica na capital do Espírito Santo.

Dentro de campo o Domingos Martins F.C tem sua história no futebol capixaba tendo disputado a Série B estadual, há registros confirmados em 1919, 1920, 1930 e 1931. Não conseguiu conquistar o título da competição.
A estréia do Domingos Martins nos gramados não foi das melhores terminando com derrota de 4x0 para o Americano de Vitória em jogo amistoso.  


As mudanças de cores do clube

Em relação ao escudo uma observação importante, ele é ilustrativo pois não se tem registros oficiais do mesmo. Há um escudo e foto de um Domingos Martins Futebol Clube de 1953 também nas cores azul e branca mas que é sempre relatado como uma equipe do Município de Domingos Martins na região Serrana do estado postados abaixo.